Os Quatro Tipos Básicos De Taça De Vinho

Os Quatro Tipos Básicos De Taça De Vinho

Se você é um apreciador de vinhos declarado ou simplesmente contempla uma boa degustação social, saiba que escolher a taça correta vai acrescentar a sua experiência, tornando ainda mais saborosa sua apreciação.

Claro que, até pouco tempo atrás, as taças não eram tão desenvolvidas e se sujeitavam apenas ao papel de “utensílios criados para saboreio do vinho” seguindo sua utilidade prática para degustação.

É certo que, este detalhe não precisa ser necessariamente um impedimento para sua degustação, mas, nos tempos modernos, o aprendizado traz consigo a oportunidade de boa apreciação e enriquecimento de conhecimento. Soma-se também, o fato que aprender sobre o assunto pode ser uma adição interessante na hora de analisar novos detalhes na próxima experiência com vinhos.

Apesar da existência de diversos tipos de taça de vinho, quatro modelos se destacam como os mais populares entre os consumidores da bebida. A fama se deve a praticidade e design de cada modelo de taça, que são aspectos que farão toda diferença.

Por isso, para orientar e aumentar seus conhecimentos, confira algumas dicas que poderão agregar importantes detalhes a sua apreciação.

 

Conheça abaixo os quatro tipos básicos de taça de vinho:

Vinho Branco

O ideal é que a taça de vinho branco seja um modelo que conte com uma haste longa e bojo menor. Seu formato é indicado porque esses vinhos não necessitam de um grande contato com o oxigênio, e seu formato distribui o vinho de maneira uniforme pela boca. Recomenda-se que este tipo de vinho seja consumido em baixa temperatura, para que a taça possa destacar suas qualidades de maneira equilibrada.

Bourdeaux tinto

Já a taça para o vinho Bordeaux tinto, precisa ter um bojo largo e longo. Essa característica proporciona ao apreciador fazer com que a bebida passeie pela borda da taça até chegar a boca e ser degustado. O modelo proporciona uma concentração maior de seus aromas, sendo também indicado para apreciação de outros vinhos como Cabernet Sauvignon, por exemplo.

Bourgogne tinto

Para o vinho Bourgogne, a taça indicada para apreciação precisa contar com bojos e boca larga que mantém um bom armazenamento de oxigênio. Isto porque, este tipo de vinho é intenso e seus melhores exemplares exigem anos de armazenamento. Desta forma, este tipo de taça proporcionará uma experiência inigualável de combinação entre sabor e aroma.

Espumante

Por fim, para esta bebida a taça precisa ter um design fino e longo para proporcionar ao apreciador uma experiência única no contato com suas bolhas. O espumante é muito indicado para comemorações, por ser muito versátil e harmonizar bem com entradas leves e canapés.