O Glossário do Vinho (Termos Enológicos)

O Glossário do Vinho (Termos Enológicos)

Nós sabemos o quanto que a descrição do vinho é importante para você na hora de decidir qual vinho comprar.

Pensando nisso, criamos o glossário de vinho que você precisa conhecer, para entender exatamente o que você está comprando.

Os termos enológicos são divididos em 12 categorias de descrição: corpo, estilo, tanino, acidez, álcool, fruta, erva, especiaria, flor, carvalho, fermento e inorgânico.

 

Preparado? Acompanhe nosso glossário do vinho.

 

Corpo

 

Angular – um vinho que tem bordas ásperas. • Apertado – um vinho com tanino alto que interfere com outros sabores.

Austero – um vinho que é difícil de beber. • Bem Encorpado – um vinho com sabor audaz.

Brando – um vinho sem muita intensidade.

Cliff-Edge – o gosto do vinho desaparece rapidamente em contato com a boca.

Complexo – um vinho que continua a entregar mais sabores interessantes.

Concentrado – um vinho com sabores audazes de frutas, de acidez e tanino moderados.

Curto – um vinho com sabor que dura pouco.

Delicado – um vinho que é levemente encorpado.

Denso – um vinho com sabores audazes de frutas com tanino moderado.

Elegante – um vinho com gosto levemente encorpado, de alta acidez.

Extraído – um vinho que é mais escuro e rico que a maioria dos vinhos daquele estilo.

Fechado – um vinho que não tem muito sabor, mas tem tanino.

Finesse – um vinho que tem acidez e tanino bem integrados.

Firme – um vinho com tanino alto que seca sua boca.

Flácido – um vinho com acidez muito baixa.

Gordo – um vinho com frutas, mas sem acidez ou tanino.

Levemente Encorpado – um vinho que é leve no paladar.

Magro – um vinho que tem acidez, porém pouca sustância.

Oco – um vinho sem meio-paladar.

Opulento – um vinho audaz com taninos suaves e acidez mais baixa.

Poderoso – um vinho audaz com alta intensidade.

Polido – um vinho que tem gosto limpo e definido.

Rico – um vinho saturado com sabores de frutas.

 

Estilo

 

Acessível – um vinho que é facilmente apreciado.

Almiscarado – um vinho que exibe o aroma particular do almíscar.

Carnudo – um vinho que tem gosto de frutas, rico e encorpado. Combina muito bem com massas, carnes vermelhas e todos os tipos de queijo.

Delicado – um vinho que tem sabor leve.

Limpo – um vinho que não tem sabores terrosos ou rústicos.

Polido – um vinho que tem gosto limpo e bem feito.

Refinado – um vinho que tem gosto muito limpo.

Terroso – um vinho que tem um aroma distinto do solo de onde veio a uva.

 

Tanino

 

Amargo – tanino amargo é muito intenso e “verde”.

Aderente – tanino que gruda nos lados da sua boca.

Agressivo – tanino que ofusca outros sabores do vinho.

Angular – tanino que atinge um ponto no seu paladar.

Áspero – taninos que parecem como uma lixa.

Brando – tem o índice de tanino muito baixo.

Chocolate – tanino de grão fino suave com um pouco de estalo.

Estruturado – tanino bem integrado, porém persistente de grão fino.

Firme – tanino persistente de grão fino.

Flácido – pouco tanino, o que faz com que o sabor do vinho pareça fraco.

Macio – tanino baixo.

Maleável – tanino bem integrado.

Muscular – tanino agressivo calcário, geralmente usado para descrever vinhos mais novos.

Opulento – tem mais fruta do que tanino.

Poderoso – taninos grandes e suaves.

Redondo – taninos suaves sem estalo.

Rígido – taninos agressivos na frente da sua boca.

Rigoroso – tanino que seca a sua boca.

Sedoso – taninos de grão fino muito suaves com um pouco de estalo.

Sem Coluna – a falta de tanino faz com que o sabor do vinho pareça fraco.

Suave – tanino bem integrado.

Tipo Couro – tanino delicado, porém terroso, geralmente encontrado em vinhos mais velhos.

Veludo – tanino muito suave.

Voluptuoso – tem mais fruta do que tanino.

 

Acidez

 

Adstringente – um vinho com acidez e tanino agressivos.

Angular – quando a acidez e o tanino de um vinho atingem pontos focados no seu paladar.

Animado – um vinho mais leve com acidez muito notável.

Austero – um vinho com acidez e tanino agressivos.

Brilhante – um vinho com acidez pronunciada.

Caído – um vinho que não tem mais acidez devido à sua idade.

Delicado – um vinho que pode ter acidez intensificada, porém é mais leve em termos de tanino e frutas.

Entusiasmado – um vinho mais leve com acidez notável.

Esguio – geralmente usado para descrever um vinho branco com pouca fruta e alta acidez.

Fresco – um vinho com acidez moderada; geralmente usado para descrever vinhos jovens.

Macio – um vinho com baixa acidez.

Mordaz – um vinho que tem gosto azedo devido a acidez e/ou o fermentação.

Nervo – outro termo para um vinho com acidez estimulante.

Nítido – um vinho com acidez notável.

Plano – um vinho sem acidez.

Recortado – um vinho mais rico com alta acidez.

Vigoroso – um vinho com acidez estimulante.

Vivo – um vinho tinto ou branco mais leve com acidez notável.

 

Álcool

 

Pernas – vinhos com “pernas grossas” têm maior teor alcoólico e/ou conteúdo de açúcar.

Quente – um vinho com alto teor alcoólico.

Tipo Geleia – um vinho feito com frutas maduras com alto teor alcoólico.

 

Fruta

 

Baga – sabores de baga possíveis, encontrados mais em vinhos tintos: Morango, Framboesa, Cereja, Mirtilo e Amora.

Cassis – ou Groselha-Preta, uma fruta muito terroso.

Cítrico – sabores cítricos possíveis, encontrados mais em vinhos brancos e rosés: Limão, Limão siciliano, Grapefruit, Laranja e Raspas de frutas cítricas.

Extraído – um vinho que é mais escuro e mais rico do que outros vinhos feitos com a mesma uva.

Extravagante – um vinho que “se exibe” em termos de seus sabores de frutas.

Frutas de Pedra – sabores de frutas de pedra, encontrados mais em vinhos brancos e rosés; Damasco, Nectarina (ou pêssego-careca) e Pêssego.

Frutas Escuras – vinhos tintos bem encorpados têm mais sabores de frutas escuras.

Frutas Tropicais – sabores de frutas tropicais possíveis, encontrados mais em vinhos brancos e rosés: Banana, Abacaxi, Lichia e Coco.

Frutas Vermelhas – geralmente sabores de frutas vermelhas indicam um vinho levemente encorpado.

Maçã – um aroma muito comum encontrado em vinhos brancos.

Maduro – o vinho é produzido com uvas muito maduras.

Melão – um sabor de fruta doce e suculenta encontrado em vinhos brancos.

Suculento – termo usado para descrever vinhos jovens; muita fruta, mas pouco finesse.

Tipo Ameixa – um vinho tinto com sabores de ameixas frescas.

Tipo Geleia – os sabores de frutas no vinho tem gosto de geleia.

Tipo Uva – um vinho que tem mais sabor de suco de uva.

 

Erva

 

Aneto – um aroma complexo encontrado em vinhos tintos.

Aspargo – um aroma cozido de vinho branco, tipicamente percebido como negativo.

Eucalipto – um cheiro resinoso tipo menta associado a vinhos tintos da Austrália.

Groselha – um sabor herbal mais doce encontrado em Sauvignon Blanc.

Marmelo – uma fruta mordaz e verde com qualidades adstringentes.

Pimenta Jalapeno – um aroma fresco e picante encontrado em alguns vinhos brancos.

Pimentão – um aroma em vinhos tintos e brancos associado a um composto químico chamado pirazinas.

Sálvia – um cheiro resinoso e herbal florido, mais presente em vinhos tintos.

Tipo Caule – uma nota amarga negativa, geralmente no final.

Tipo Grama – o cheiro de grama recentemente cortada associado a vinhos brancos, como Grüner Veltliner.

Tipo Talo – uma nota amarga herbácea, tipo da floresta, no final de um vinho tinto.

Urina de Gato – um aroma ácido mordaz negativo associado a vinhos Sauvignon Blanc.

Vegetal – geralmente considerado uma qualidade terrosa negativa no final de um vinho tinto.

Verde – também conhecido como herbal, herbáceo e tipo folha.

 

Especiaria

 

Almiscarado – um sabor picante animalesco intenso.

Anis – ou erva-doce, é uma característica de variedade de alcaçuz.

Brilhante – um vinho com acidez moderada, percebido como picante.

Cravo-Da-Índia – um sabor doce tipo floresta frequentemente atribuído ao envelhecimento no carvalho.

Picante – uma sensação picante que pode ser do álcool, da acidez ou da variedade.

Pimenta – uma característica de variedade de pimenta.

 

Flor

 

Flor de Citrus – é encontrando em vinhos brancos, do Riesling ao Chardonnay.

Flores Brancas – Lírio, flor de maçã e gardênia são encontrados em vinhos brancos aromáticos.

Gerânio – considerado uma falha de vinho em níveis altos, devido a produção imprópria.

Lavanda – um aroma resinoso floral associado a vinhos oriundos do sul da França; comum em vinhos tintos.

Perfumado – um vinho muito aromático, tipicamente usado para descrever vinhos brancos.

Rosa – um aroma floral positivo encontrado em vinhos tintos e brancos.

Violeta – um aroma floral associado a vinhos tintos como Cabernet Sauvignon.

 

Carvalho

 

Amanteigado – um composto de aroma chamado diacetil de carvalho que é facilmente identificado em vinhos brancos.

Aneto – um aroma herbáceo de carvalho comumente associado ao carvalho americano.

Baunilha – o composto de sabor baunilha vem do carvalho.

Caramelo – um aroma doce do envelhecimento do vinho em barris de carvalho tostados.

Carvão – um sabor comumente associado a vinhos tintos Bordeaux.

Coco – geralmente associado com barris de carvalho americanos e vinhos Chardonnay de carvalho.

Cravo-Da-Índia – um aroma de carvalho complexo geralmente encontrado em carvalho europeu.

Cremoso – parecido com amanteigado, mas também é uma textura devido à fermentação maloláctica.

Esfumaçado – um sabor de carvalho esfumaçado pode ser devido a barris de carvalho altamente tostados.

Picante – especiarias como cravo-da-índia, pimenta da Jamaica e noz-moscada são todas do envelhecimento no barril de carvalho.

Tabaco Doce – cheiro e sabor resinoso doce no final de um vinho de carvalho.

Tipo Nozes – um sabor que desenvolve com envelhecimento de longo prazo em barris.

Tostado – uma descrição positiva para vinhos grande presença de carvalho.

 

Fermento

 

Amanteigado – mesmo que a maioria das sensações amanteigadas são devidas ao envelhecimento no carvalho, a sensação de textura oleosa nos vinhos brancos é da MLF.

Azedo – uma sensação de gosto parecida com sour cream devido a sabores de fermento.

Biscoito – notado em espumantes envelhecidos à medida que o fermento se decompõe com o tempo.

Cremoso – um gosto em vinhos tintos (e às vezes em vinhos brancos) devido à fermentação maloláctica (MLF).

Tipo Queijo – um aroma mais encontrado em vinhos brancos que acrescenta um caráter salgado.

 

Inorgânico

 

Alcatrão – um cheiro bem forte resinoso de queimado e madeira encontrado em vinhos tintos bem encorpados.

Asfalto Molhado – um aroma de pedra molhada encontrado em vinhos brancos com acidez moderada.

Borracha – um aroma resinoso moderadamente forte encontrado em vinhos tintos e brancos.

Diesel – um cheiro de gasolina forte mais associado a Rieslings Australianos.

Esfumaçado – um aroma tipo carvão queimado geralmente associado a vinhos tintos.

Grafite – um aroma e sabor tipo grafite de lápis encontrado em vinhos tintos.

Mineralidade – um caráter não identificável de pedra de vinhos com sabores além de frutas.

Oleoso – uma descrição de textura para um vinho que pareça como óleo na sua boca – frequentemente devida à MLF.

Petróleo – uma característica positiva de um Riesling bem envelhecido.

Plástico – um aroma tipo composto químico associado a vinhos brancos de alta acidez.

Untuoso – uma descrição de textura para vinhos que deixam uma sensação de sabão ou oleosa na língua.

 

Agora que você conferiu nosso glossário de vinho conhece os principais termos enológicos utilizados para descrever rótulos de vinho, é hora de colocar em prática esse conhecimento!

Ao procurar por novas garrafas, procure identificar algumas dessas características nos vinhos. E, claro, mantenha o nosso Glossário Enológico sempre por perto!

 

Sobre a Via Vini

Estabelecida na cidade de São Paulo, atuando há mais de 12 anos no mercado de vinhos importados, a Via Vini conta com uma equipe de profissionais altamente qualificada com experiência adquirida nas maiores importadoras de vinhos do país.

Com um portfólio dos mais variados a Via Vini preza pela procedência e qualidade na seleção dos seus vinhos, armazenando-os em ambiente climatizado e conferindo respeito e cuidado durante todo processo de logística.

O nosso compromisso é a total satisfação de nossos clientes. Continue acompanhando o blog para aprender cada vez mais sobre vinhos e consumir todo o conteúdo que criamos especialmente para você!