Menu
< Menu Acesse / Crie sua conta
Busca

Compre também pelo telefone (11) 5042-0077

De segunda à sexta-feira das 9h as 19h
E aos Sábados das 10h as 15h

Vinho Francês

Referência mundial na produção de vinhos finos, a França provoca fascínio nos apreciadores dessa bebida, produzindo muitos dos exemplares mais famosos e desejados de todo o mundo.

Dados históricos apontam as primeiras plantações de vinhas na França nos anos 600 a.C. e o início da vinicultura há mais de 2.000 anos.

As igrejas e monastérios erguidos na França entre os séculos X e XIII tiveram papel fundamental no desenvolvimento do vinho. Do Império Romano até a Idade Média, o costume de fabricar e beber vinho permaneceu sendo parte da vida do povo francês.

Em meados do século XIX, a praga filoxera devastou os vinhedos na Europa e quase levou à ruína a indústria vinícola francesa. Já no século XX vieram as duas guerras mundiais e mais destruição.

Em 1935 é criado o Institut National des Appellations d’Origine (INAO), que fiscaliza e regulamenta a produção de vinhos na França.

Desde então, o país passou por profundas transformações na arte do cultivo, produção e consumo do vinho, tornando-se o melhor país vinícola do mundo.
Cada região francesa tem suas peculiaridades em relação a história, terroir, conceito e uso específico de uvas, produzindo tipos de vinhos diferentes, cada qual com suas riquezas e encantos.

Entre as regiões francesas mais famosas está a ilustre Bordeaux. Detentora de um número impressionante de rótulos extraordinários advindos de sub-regiões como Graves, Médoc, Sauteners-Barsac, entre-Deux-Mers, Pessac-Léognan, Pomerol e Saint-Emilion e suas respectivas comunas.

A Bourgogne é uma região de vinhos elegantes e delicados, com destaque para as sub-regiões de Chablis, Côte d'Or, Chalonnais, Mâconnais e Beaujolais.

Outras regiões importantes são a Champagne, com seus espumantes famosos pela sofisticação e elegância, Côtes du Rhône, produtora de excelentes tintos robustos, a Provence, com seus delicados rosés, Languedoc-Roussillon, Vale do Loire e Alsácia.

Suas nobres castas exalam excelência e representam, para muitos, o que há de melhor em termos de matéria-prima para produzir vinhos. As mais expressivas são as tintas Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Cabernet Franc, Malbec, Petit Verdot, Shiraz, Carmenère e Malbec, e as brancas Chardonnay, Sauvignon Blanc, Riesling, Muscadelle e Sémillon.

O país possui uma legislação rigorosa, o que torna os vinhos franceses sinônimos de capricho e rigor. Em ordem crescente de qualidade estão: Vins de Table (Vinhos de mesa), Vins de Pays (Vinhos Regionais), Appellation d’Origine Vins Délimités de Qualité Supérieure (AOVDQS) e a categoria dos melhores vinhos franceses, Vins de Appellation de Origine Contrôlée (AOC).

A França é um país indissociável do vinho. Por toda sua história, tradição e cultura. O vinho está inserido no cotidiano de seu povo, sendo motivo de orgulho e prestígio internacional. Em nenhum outro país do mundo os vinhos são elaborados com tanta excelência, produzindo exemplares de estilo único cobiçados mundialmente.

Itens 1 para 20 de 264 total

Direção Descendente
por página

Tabela  Lista 

Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5

Itens 1 para 20 de 264 total

Direção Descendente
por página

Tabela  Lista 

Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5