como escolher vinho

5 passos para escolher o vinho perfeito em 10 minutos

Um bom vinho combina com qualquer ocasião. Seja um jantar casual na casa de amigos ou um encontro, escolher o vinho perfeito é importante.

Mas com tantas opções, como achar a ideal?

Cada tipo de vinho ou uva tem características diferentes e podem ser harmonizados com diversos pratos – e ocasiões.

Uma garrafa bonita ou o design atraente de um rótulo podem chamar a atenção de compradores despreparados, mas para escolher o vinho ideal para qualquer ocasião separamos 5 passos fáceis que vão te ajudar nessa tarefa e garantir que você vai encontrar o vinho perfeito.

Vamos conhecê-los? Acompanhe!

1. Guie-se pela ocasião

O contexto em que o vinho será apreciado pode dizer muito sobre qual é a melhor opção. Um encontro de apreciadores experientes pode dar abertura para que você leve vinhos dignos de um colecionador ou que possuam características mais fortes e peculiares.

Já em um jantar com amigos que apreciam bons vinhos mas não estão altamente ligados à esse mundo, um rótulo relativamente mais simples – e até mesmo mais barato – já é satisfatório.

2. Tente harmonizar vinhos

A harmonização de vinhos é a sua melhor amiga para escolher o vinho ideal para almoços, jantares, ou qualquer outro evento que envolva culinária! A regra básica é: vinho tinto para carnes vermelhas e vinho branco para carnes brancas.

Porém, a harmonização também pode ir muito além disso. Logo, procure saber qual (ou quais) serão os pratos servidos e faça uma pesquisa rápida para encontrar as melhores opções de vinho para a ocasião.

Se ficar na dúvida, lembre-se do básico.

3. Analise a uva!

Diferentes uvas possuem características próprias. A Cabernet Sauvignon é rica em tanino, a Malbec possui aromas características de frutas e a Merlot é levemente mais leve que a Cabernet Sauvignon, com aromas mais suaves.

As peculiaridades de cada vinho vão influenciar na sua adequação à cada ocasião que você vai comparecer. Por exemplo, se é um churrasco que pode durar horas, vinhos mais leves combinarão mais, podendo ser consumidos por mais tempo.

4. Fique atento à safra do vinho

As safras dizem muito sobre vinhos. Tintos e rosés devem ser servidos jovens, entre 3 e 4 anos, a maioria dos brancos também, mas não todos. Logo, na hora de escolher o vinho ideal pode ser uma excelente ideia procurar aqueles que estão mais próximos do seu momento ideal de consumo, e é possível encontrá-los através de suas safras.

5. Confira a pontuação da garrafa

Afinal, a pontuação de vinhos é sempre nossa melhor amiga na hora de escolher a garrafa ideal, não é mesmo? O sistema de pontuação é utilizado para qualificar os vinhos de acordo com a opinião de renomados especialistas, sendo o Robert Parker um dos mais famosos, assim como o seu sistema de pontuação.

Ao encontrar um vinho que chamou a sua atenção, procure por sua pontuação e veja quais são as opiniões de sommeliers renomados sobre ele.

Escolher o vinho perfeito pode parecer difícil, mas com essas dicas você não vai gastar mais do que 10 minutos! A cada ocasião elas vão se tornar mais simples de serem aplicadas e encontrar aquela garrafa ideal vai ser ainda mais rápido.

Como você costuma escolher os seus vinhos? Conte para a gente nos comentários, participe!